domingo, 28 de novembro de 2010



http://www.jornalpequeno.com.br/2010/11/27/capa-da-edicao-138869.htm

Lista de convocados para a 2a. etapa - PAES/2011



01-São Luís

02-Caxias

03-Imperatriz

04-Bacabal

05-Balsas

06-Santa Inês

07-Açailândia

08-Pedreiras

09-Timon

10-Grajaú

11-Lago da Pedra

12-Zé Doca

13-Itapecuru-Mirim

14-Colinas

15-Pinheiro

16-Presidente Dutra

17-São João dos Patos

18-Coelho Neto

19-Barra do Corda

20-Codó

Arquivo em Anexo "Clique aqui para Download"
Lugar: UEMA/São Luís
Fonte: PROG
Data do Cadastro: 27/11/2010

Uema realizará o XXII Semic De 01 a 03/12/2010

A Universidade Estadual do Maranhão (Uema) realizará, no período de 01 a 03 de dezembro, no prédio do curso de Arquitetura e Urbanismo, localizado na Praia Grande, O XXII Seminário de Iniciação Científica (Semic).


O Seminário é fruto do trabalho contínuo da Uema para consolidar a cultura da pesquisa na academia e buscar despertar em mais de 300 jovens o talento para o saber científico, além da disciplina na busca de resultados ou a distinção no futuro mercado de trabalho.

Este ano, serão apresentados 243 trabalhos oriundos de bolsas de iniciação científica e 70 trabalhos voluntários, na forma oral ou de pôsteres. Palestras e minicursos completam a programação, que se encerrará com a premiação para os melhores trabalhos por área de conhecimento.

Confira a Programação:

Arquivo em Anexo "Clique aqui para Download"

Lugar: Uema-São Luís
Fonte: ASCOM - Camila Boullosa
http://www.uema.br/noticiasPAGINAPRINCIPAL.asp?contador=1810&tipo=1
Data do Cadastro: 25/11/2010

sábado, 20 de novembro de 2010

O VALOR DA TARIFA DE ÔNIBUS EM IMPARATRIZ TÁ UM ABSURDO




Tá Caro andar de ônibus em Imperatriz!

Os usuários de ônibus coletivos urbanos em Imperatriz foram surpreendidos no dia 28/12/2008 com o anúncio, por parte das empresas Transporte Coletivo Imperatriz (TCI- atualmente VBL - Viação Branca do Leste; e Viação Aparecida, do aumento da tarifa, cuja vigência aconteceu à 0h de 29/12/2008.

O aumento foi de 18% e a tarifa passou de R$ 1,95 para R$ 2,30. O passageiro teve que desembolsar mais 35 centavos. O aumento foi considerado alto, levando-se em conta que foi praticamente o dobro do índice de inflação anunciado para o ano de 2008.

Com o reajuste, o vale transporte municipal passou para R$ 2,30 e o vale transporte escolar municipal ficou em R$ 1,15; o passe intermunicipal passou a valer R$ 2,50 e o passe escolar intermunicipal é R$ 1,25; o vale transporte para o município de Governador Edison Lobão agora é de R$ 3,50 e o passe escolar para aquela cidade é R$ 1,75.

As empresas colocaram anúncios em todos os seus ônibus desde a manhã de ontem. Os usuários não receberam bem o aumento, como não poderia deixar de ser, e comentaram que, se já está sacramentado o aumento, a prefeitura tem também o dever de exigir que as empresas coloquem ônibus em todas as linhas e em horários regulares.

Tarifa do ônibus coletivo em algumas cidades brasileiras
O transporte é público ou privado?

São Luis____________R$ 1,60
Belém ____________R$ 1,60
Teresina____________R$ 1,75
Fortaleza___________R$ 1,80
Boa Vista___________R$ 2,00
Salvador ___________R$ 2,20
IMPERATRIZ__________R$ 2,30
Belo Horizonte______R$ 2,30
São Paulo___________R$ 2,70

Outra providência que a Prefeitura deveria tomar é quanto aos abrigos nos pontos de ônibus. Os poucos que existem estão depredados devido ao número excessivo de ambulantes que expõem suas mercadorias, ocupando o espaço do passageiro. Em outros locais nem mesmo existem pontos de ônibus cobertos para que o passageiro seja protegido do sol e da chuva.



Passe Livre Já!

No Distrito Federal conquistamos um avanço no Direito à Cidade recentemente, quando o Governo local instituiu o Passe Livre estudantil.

“A cidade, onde tantas necessidades emergentes não podem ter resposta, está desse modo fadada a ser tanto o teatro de conflitos crescentes como o lugar geográfico e político da possibilidade de soluções.”- Milton Santos
Pensar direito a cidade é essencial no contexto atual da sociedade, onde os direitos fundamentais à saúde, educação, cultura, entre outros, são demandas constantes de movimentos sociais. Pensar o Direito à Cidade é conectar todas essas demandas através de uma estrutura ideal e possível de organização da cidade.
Duas questões são essenciais ao se defender o Direito à Cidade: a descentralização dos serviços e a mobilidade urbana.

Que Possamos conquistar o Direito ao Passe Livre Também em Imperatriz-MA e nas demais cidades.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Super-heróis em tempos de crise

Você já ouviu falar em crise econômica? Óbvio que sim.

Pois é, esta mesma crise que afeta a nós simples mortais também está tornando mais difícil a vida dos Super-Heróis, estes bravos e fortes guerreiros que lutam para nos proteger de todo e qualquer mal estão sendo forçados a fazer alguns serviços extras para garantir o pão de cada dia.





segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Verba destinada à UEMA foi cortada

É Galera,
40% da verba destinada à UEMA foi cortada.
Falta luz, falta internet, falta salários...
E a situação só tem piorado.

Uema divulga gabaritos do Paes 2011 e do Programa Darcy Ribeiro





>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

A Universidade Estadual do Maranhão (Uema) divulgou, na tarde desta segunda-feira (16), os gabaritos das provas do Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (Paes 2011) e do Programa Darcy Ribeiro.


Neste primeiro momento, a Pró-Reitoria de Graduação (PROG) contabilizou o número de faltosos do Paes em 3.836, de um total de 28.911 inscritos, e, no Programa Darcy Ribeiro, 1.258 faltosos, de uma soma geral de 7.539 inscritos.

GABARITO OFICIAL
PAES/2011 1ª ETAPA
14.11.2010

BIOLOGIA FILOSOFIA FÍSICA GEOGRAFIA
01 D 09 E 17 A 25 D
02 B 10 D 18 D 26 A
03 A 11 A 19 A 27 A
04 C 12 B 20 B 28 C
05 E 13 E 21 D 29 B
06 B 14 C 22 C 30 D
07 A 15 D 23 E 31 E
08 C 16 B 24 B 32 C

HISTÓRIA LÍNGUA ESPANHOLA LÍNGUA INGLESA LÍNGUA PORTUGUESA
33 A 41 C 41 A 49 D
34 D 42 A 42 D 50 B
35 B 43 D 43 B 51 C
36 E 44 B 44 C 52 E
37 A 45 E 45 E 53 A
38 E 46 C 46 D 54 D
39 C 47 A 47 A 55 B
40 B 48 B 48 B 56 C

MATEMÁTICA QUÍMICA SOCIOLOGIA
57 E 65 B 73 D
58 A 66 E 74 C
59 D 67 E 75 A
60 C 68 D 76 B
61 B 69 A 77 E
62 E 70 C 78 D
63 C 71 B 79 C
64 A 72 E 80 A


Prof. Dr. PORFÍRIO CANDANEDO GUERRA
PRÓ-REITOR DE GRADUAÇÃO





GABARITO OFICIAL
PROGRAMA DARCY RIBEIRO/2011 ETAPA ÚNICA
14.11.2010

BIOLOGIA FILOSOFIA FÍSICA GEOGRAFIA
01 D 05 D 09 D 13 D
02 C 06 A 10 B 14 C
03 A 07 C 11 D 15 E
04 C 08 D 12 E 16 C


HISTÓRIA LÍNGUA ESPANHOLA LÍNGUA INGLESA LÍNGUA PORTUGUESA
17 D 21 C 21 D 25 D
18 E 22 A 22 C 26 B
19 A 23 D 23 E 27 C
20 E 24 C 24 A 28 C


MATEMÁTICA QUÍMICA SOCIOLOGIA
29 E 33 B 37 A
30 A 34 E 38 E
31 B 35 E 39 D
32 E 36 B 40 A



Prof. Dr. PORFÍRIO CANDANEDO GUERRA
PRÓ-REITOR DE GRADUAÇÃO

Lugar: Uema-São Luís
Fonte: ASCOM
Data do Cadastro: 15/11/2010

http://www.uema.br/noticiasPAGINAPRINCIPAL.asp?contador=1767&tipo=1&tema=Not%EDcias&coluna=1&pagina=0

domingo, 14 de novembro de 2010



A IV SEAGRO, Semana de Agronomia, ocorreu na Universidade Estadual do Maranhão, Centro de Estudos Superiores de Imperatriz, UEMA-CESI, Durante os dias 08 a 12 de Novembro.
Na sua quarta edição a SEAGRO trouxe como tema: "OS DESAFIOS DA SUSTENTABILIDADE PARA UMA NOVA AGRICULTURA" e o lema "Onde tem desenvolvimento, tem a mão de um profissional competente". as Palestras ocorreram no auditório da FAMA, Faculdade Atenas Maranhense, e os Mini-cursos na UEMA-CESI.

O Evento foi de fundamental importância para a complementação e o melhoramento da formação univeritária, ocorreu uma grande interação e colaboração entre entidades congênere, contribui com as instituições democráticas que visam a melhora da sociedade.

ELEIÇÕES DA UEMA

O desafio nas eleições da Uema

Com a aproximação da data, leia-se bastante atrasada, para a escolha do próximo reitor e vice-reitor da Uema, aos poucos as peças do jogo estão sendo montadas. Os candidatos já estão dando o ar da graça nos campi do interior e a campanha oficialmente está nas ruas, salas de aula e departamentos.

O atual reitor José Augusto tenta se candidatar mais uma vez, porém terá que enfrentar uma batalha judicial e tanto para obter êxito em seu intento. Zé Augusto era vice de Waldir Maranhão quando se lançou a primeira vez, na condição de vice-reitor. Eleito Reitor logo após, agora tenta um novo mandato, alegando dentre outras coisas que sua condição de vice no primeiro momento não pode ser contada como postulante a vaga maior ao posto da universidade. No entanto o art. 19 do Regimento da Reitoria estabelece que: Será de quatro anos o mandato de reitor e do vice-reitor, permitida uma única recondução.

O prof. do departamento de Física Joaquim Teixeira Lopes, o “JUCA”, já entrou com o pedido oficial de impugnação da candidatura de Zé Augusto Oliveira junto a Comissão Eleitoral das eleições 2010 na Uema. Juca é o candidato do Coletivo “Autonomia e Luta” e vêm fazendo história sempre trazendo e participando de debates imprescindíveis para a universidade.

Um ponto importante e que infelizmente não têm sido muito bem alencado, já que estamos falando de universidade, é a autocrítica quanto ao que diz respeito à democracia na Uema. Uma reflexão aberta e responsável (coisa que não vêm acontecendo nas ultimas gestões) sobre o que a Uema faz (e, especialmente o que não faz) com os recursos públicos. Eis a tônica do debate.

Grupos ligados a fundações acusadas de desviar milhões "inadvertidamente" ou que estão ligados aos projetos políticos deste ou daquele deputado, deste (a) ou daquele (a) governador(a), não podem imbuir seus interesses frente aos anseios da Uema e de sua classe acadêmica.
Educação pública, gratuita e de qualidade: direito da população, obrigação do Estado!

Fonte: Carlos Leen Santiago

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Nota de Repúdio

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO
CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DE IMPERATRIZ


A UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO, através do Centro de Estudos Superiores de Imperatriz, vem manifestar repúdio e indignação pelo conteúdo, forma e método com que foram tratados pela Rede Globo no quadro “É bom pra quê?” veiculado na Revista Eletrônica Semanal Fantástico, exibida no dia 12 de setembro de 2010, a cidade e a população de Imperatriz, o professor Antonio Augusto Brandão Frazão, a Universidade Estadual do Maranhão, o Centro de Difusão Tecnológica – CDT, projeto fruto de parceria entre Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária – INFRAERO, UEMA e outras Instituições públicas e particulares do município.

Os saberes populares constituem um patrimônio cultural fundamental para entendermos as relações das sociedades com a natureza ao longo das gerações, assim como seus legados. O conhecimento sobre plantas e seus usos nas mais diversas manifestações é assunto consolidado, inclusive constituindo escopo de uma área da Botânica, a Etnobotânica.

A Fitoterapia consolida-se mundo afora com o rigor imprescindível para a sua construção científica. A própria matéria veiculada é forçada a reconhecer tal afirmação, ao mencionar que de cada dois medicamentos quimioterápicos utilizados nos tratamentos de tumores cancerígenos, um foi descoberto no Reino das Plantas.



É estranho que o Professor Dráuzio Varela, um renomado médico e autor de sete artigos científicos, insista em cometer equívoco de reduzir a fitoterapia a somente a ação medicamentosa homeopática. Até mesmo por que um dos efeitos já conhecido cientificamente de um dos fitoquímicos da planta em questão, as Acetogeninas de Anonáceas, é de natureza alopática: a depleção dos níveis de ATP através da inibição do Complexo I da Cadeia Transportadora de Elétrons, na Organela Celular Mitocôndria, inviabilizando assim o metabolismo celular.

Os inúmeros pesquisadores da UEMA, como a comunidade científica mundial, são sabedores do rigoroso procedimento dos Protocolos de Investigação, de Biossegurança e de Bioética quando for a situação, que devem ser seguidos na condução dos experimentos. Enfim, é imperiosa a execução do Método Científico.

Em trabalhos de conhecimento, rastreamento, isolamento e ação de princípios ativos de produtos de origem vegetal, os protocolos de investigação são complexos e detalhados para que os resultados obtidos sejam críveis e possam ser submetidos à comunidade acadêmica para análise, refutação e assim construir o conhecimento científico para ser difundido para a sociedade.

O Centro de Estudos Superiores de Imperatriz produz anualmente uma média de 40 (quarenta) trabalhos científicos aprovados e apresentados em Congressos de Sociedades Científicas nacionais e internacionais. Desmerecer subliminarmente o esforço, abnegação, compromisso científico, ética e honradez desses pesquisadores de um Centro Universitário de uma cidade de um Estado reconhecidamente carente como o Maranhão, e com baixos índices de investimentos em Educação, C&T, como no Norte-Nordeste, soa leviano, unilateral e despropositado de interesse público.

O professor Augusto Frazão a despeito de ter participado da matéria em alguns momentos com afirmações equivocadas e sem o devido rigor metodológico, é um ser humano com virtudes altruístas. Produz fitoterápicos sem interesse comercial nem pessoal. Erros, não seguir protocolos são fatos que jamais devam ocorrer no eficiente fazer acadêmico e pessoal do pesquisador, não obstante nem por isso deve-se tentar aniquilar com a reputação das pessoas. Se não, o que dizer do Professor Dráuzio Varela que contraiu Febre Amarela por ter ido a uma Área Endêmica e não ter seguido os protocolos de vacinação do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde?

O município de Imperatriz encontra-se hoje com aproximadamente 12 mil alunos matriculados nas Instituições de Ensino Superior locais: três públicas e quatro particulares. É o embrião do Polo de Ensino Superior inserido no desenvolvimento regional, que o município se tornará em pouco tempo.

A UEMA além de ter importante e significativa missão na formação de profissionais licenciados e bacharéis, avança na inserção da construção da Agenda regional, seja participando de conselhos de políticas públicas, de atividades extensionistas ou de produção de pesquisas sobre a realidade sócio-econômica e ambiental do Sudoeste do Estado do Maranhão. Somos hoje um dos articuladores acadêmicos, políticos e sociais do desenvolvimento do Estado.

O projeto multilateral Cinturão Verde, tendo a INFRAERO como principal gestor, apresenta como uma das atividades o Centro de Difusão Tecnológica. Atende a jovens e adultos, com Educação, Assistência Odontológica, Inclusão Digital, Inclusão Social, Capacitação Técnica, Melhoramento da Produção Olerícola, Geração de Renda e Resgate de Cidadania. Foi inclusive apontado nacionalmente como uma das boas práticas sociais daquela empresa. A UEMA sente-se honrada em ser partícipe desse projeto com mais cinco instituições.

O Conhecimento Científico é feito para ser contestado, pois é a refutação, a crítica, que o faz avançar. Jamais o pesquisador deve ser ridicularizado. Os ditadores e a Inquisição, esses sim, são a barbárie.

A dignidade e a honradez do povo imperatrizense, do professor Augusto Frazão, das instituições públicas e republicanas de Imperatriz, da Etnobotânica e da Fitoterapia, não serão eivadas por uma matéria com edição comprometida com fins que não visam ao interesse público nem ao bem estar físico, mental e social que caracteriza a Saúde Humana.

Prof. M.Sc. Antonio Expedito Ferreira Barroso de Carvalho
Diretor do Centro de Estudos Superiores de Imperatriz – CESI/UEMA

Fonte: correspondência pessoal

Nota de repúdio à Dráuzio Varella


É lamentável e digno de repúdio o comportamento de meios de comunicação que perseguem a ética do capital em detrimento da ética profissional que se pauta pela precisa apuração dos acontecimentos e sua correta divulgação. Ainda mais quando se prestam ao serviço manipular a opinião pública nacional com mentiras.

Por isso mesmo toda e qualquer forma de manipulação das informações, divulgação de fatos notadamente tendenciosos e preconceituosos receberá sempre o repúdio da sociedade, como as notícias levianas contra Pessoas como o Professor Frazão, que mesmo preocupando-se com o bem estar coletivo foi atacado pela Rede Globo no quadro “É bom pra quê?” veiculado na Revista Eletrônica Semanal Fantástico, exibida no dia 12 de setembro de 2010.

É bem verdade que o uso de medicamentos sem prescrição é incorreto, e pode levar a morte, mas o problema não está só nisto, como a população terá acesso a consultas, aos medicos e farmacêuticos se mal consegue o seu pão de cada dia
Vale Ressaltar que no Programa ridicularizaram com a cidade de Imperatriz e sua População, chamando grande parte de sua populaçao de "analfabetos e pobres", muito melhor ser analfabeto ou Pobre do que Ganhar dinheiro a custa da descoberta dos outros não é verdade seu Doutor? Ou Será só Drauzio Varella?

É Fantástico? Nada, fantástico é pouco! ... "o que me assusta é o silêncio dos inocentes"



... "o que me assusta é o silêncio dos inocentes"

Acham que as calunias anunciadas na TV serão esquecidas, enganam-se completamente. Quem não se lembra da matéria que fizeram no quadro "É Bom Pra Quê?", que houve a participação do nosso tão conhecido Químico e Professor Frazão, que além de um excelente profissional cumpre um brilhante trabalho junto a comunidade, e ajuda cada estudante que lhe procura ouvindo e dando a orientação necessária.

"O barulho dos injustos não me assusta;
o que me assusta é o silêncio dos inocentes"



Depois de um bom tempo sem postar, cá estamos. No plural mesmo, porque creio que esse post representa não só a minha revolta, mas a de toda a população de Imperatriz, que se viu ridicularizada após a matéria do programa Fantástico, que é bem mais que fantástico. Porque não é qualquer um que consegue fantasiar e maquiar algo. Estou falando da matéria que fizeram no quadro "É Bom Pra Quê?", que houve a participação do nosso tão conhecido químico Frazão.
por:Mauricio Moreno
http://retratodamente.blogspot.com/


Para saber do que se trata, veja a matéria: Químico do MA receita extrato de graviola para tratar câncer

Agora, para saber do que REALMENTE se trata, leia o post de Samuel Souza:

Antes de tudo, Frazão é um velho sonhador, desinibido quanto à busca do conhecimento e da prova das coisas como elas não deveriam e podem ser. É um valor incontestável que existe em Imperatriz, e disso, não tenho nenhuma dúvida.
A matéria exibida no Fantástico sobre a pesquisa de Frazão utilizando a graviola como tratamento, foi antes de tudo covarde e unilateral. Por mais que tenhamos a política da boa vizinhança, a Rede Globo insiste em agir na propagação da desinformação e do desdenho, como a única voz da verdade. É perigoso, danoso e colocam em cheque aquilo que a maioria dos brasileiros está reféns do que chega a sua casa. O Fantástico tratou o trabalho de Frazão de forma alucinógena e referiu a professora que lança mão do tratamento com a graviola como demente. Antes, porém, fez a referencia de Imperatriz desprovida de saúde pública e privada, exibindo ruas sem infraestrutura como se fosse à cidade como um todo. Além claro, de citar que Imperatriz é composta em sua maioria de analfabetos. E jogou na lata de lixo instituição como a Uema (sem nenhuma sorte de investimento público) e da Infraero, como co-atores da irresponsabilidade do “crime” de Frazão.
Frazão tem sua pesquisa reconhecida por cientistas da Ucrânia, quando ali se realizou o Congresso Internacional do Comitê de Divulgação de Trabalhos Científicos. Convenhamos, não é algo pouco.
É por estas e outras que às vezes não consigo dissociar ações louváveis de Frazão da coisa pública, da gestão pública e do investimento público. Se tivéssemos aqui levando a educação como prioridade, a pesquisa cientifica e a produção de conhecimento como tal, evitaria esta mídia ruim como o Fantástico nos expôs da forma mais infame de se imaginar.
Doutor Dráuzio Varela foi antes de tudo omisso à pesquisa de Frazão. Posando de bom moço e de médico da família, cumpriu como um fantoche a pauta da Venus prateada, ignorando sua bagagem quanto médico e pesquisador. E não tenha dúvidas nobre leitores, a imagem negativa de Imperatriz e da pesquisa de Frazão foi assim exposta tendo como base orientação política, infelizmente. Apenas um tronco de uma árvore que não vê!
Não devemos aceitar e nos referendarmos como uma descarga da desinformação. O Fantástico agiu como uma das épocas mais tenebrosas do conhecimento, que foi a Santa Inquisição, expondo Frazão como um mero bruxo louco de uma aldeia composta de loucos e desprovidos do além-mundo. A forma que o Fantástico e do doutor Dráuzio Varela, lembrou em especificamente, por ser de área correlacionada, o cientista russo Mendeleiev quanto de seus estudos em suprimir as reticências cientifica da química, do qual foi questionado e visto como sonhador. Mendeleiev realmente sonhou e então conseguiu mensurar o que nós conhecemos como Tabela Periódica dos elementos químicos. E aqui existe toda uma história para chegar a tal conhecimento.
Frazão merece o direito de resposta. Imperatriz merece o direito de resposta.
Entendeu? Mais pessoas podem falar a respeito:
http://porelsonaraujo.blogspot.com/2010/09/o-golpe-dos-produtores-da-globo-no.html
http://kamaleao.com/imperatriz/3153/
http://blogjoaorodrigues.com/2010/09/13/imperatriz-de-forma-negativa-no-fantastico/
http://www.agorabinhi.com/2010/09/e-fantastico.html
http://chiromo.blogspot.com/2010/09/professor-frazao-repercussao-da.html http://www.jornalpequeno.com.br/blog/robertlobato/?p=12088
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=106291942

O bom é que a Globo também fala a respeito da tão famosa e criticada graviola.

http://www.youtube.com/watch?v=u7Z6cEUshDQ&feature=player_embedded

domingo, 7 de novembro de 2010

Enem (Exame 2010) - 2º Dia 07/11 - Gabarito




Enem (Exame 2010) - 2º Dia 07/11

Amar----- Azul----- Cinz----- Rosa-----
91I A----- 91I E----- 91I D----- 91I E-----
92I D----- 92I A----- 92I A----- 92I D-----
93I E----- 93I D----- 93I E----- 93I A
94I C----- 94I C----- 94I D----- 94I D
95I D----- 95I D----- 95I C----- 95I C
91E D----- 91E E----- 91E D----- 91E D
92E D----- 92E D----- 92E D----- 92E D
93E E----- 93E D----- 93E E----- 93E E
94E A----- 94ED----- 94E A----- 94E D
95E D----- 95EA 95E D----- 95E A
96 C----- 96 C----- 96 C----- 96 C
97 E----- 97 E----- 97 E----- 97 E
98 E----- 98 E----- 98 C----- 98 C
99 C----- 99 C----- 99 E----- 99 E
100 A----- 100 C----- 100 E----- 100 C
101 E----- 101 A----- 101 A----- 101 E
102 C----- 102 E----- 102 C----- 102 A
103 D----- 103 D----- 103 D----- 103 D
104 E----- 104 E----- 104 E----- 104 E
105 C----- 105 D----- 105 C----- 105 D
106 D----- 106 D----- 106 D----- 106 D
107 B----- 107 B----- 107 B----- 107 B
108 D----- 108 B----- 108 D----- 108 B
109 A----- 109 A----- 109 A----- 109 A
110 B----- 110 C----- 110 B----- 110 C
111 C----- 111 C----- 111 C----- 111 C
112 C----- 112 C----- 112 C----- 112 C
113 E----- 113 E----- 113 B----- 113 B
114 B----- 114 B----- 114 E----- 114 E
115 B----- 115 B----- 115 B----- 115 B
116 E----- 116 E----- 116 E----- 116 E
117 A----- 117 D----- 117 D----- 117 D
118 D----- 118 D----- 118 A----- 118 D
119 D----- 119 A----- 119 D----- 119 A
120 A----- 120 A----- 120 A----- 120 A
121 C----- 121 C----- 121 C----- 121 C
122 D----- 122 D----- 122 D----- 122 D
123 B----- 123 B----- 123 B----- 123 B
124 C----- 124 C----- 124 C----- 124 C
125 E----- 125 D----- 125 E----- 125 D
126 D----- 126 E----- 126 D----- 126 E
127 D----- 127 D----- 127 D----- 127 D
128 D----- 128 A----- 128 A----- 128 D
129 A----- 129 D----- 129 D----- 129 A
130 D----- 130 D----- 130 D----- 130 D
131 B----- 131 A----- 131 B----- 131 A
132 A----- 132 B----- 132 A----- 132 B
133 A----- 133 A----- 133 A----- 133 A
134 D----- 134 D----- 134 A----- 134 A
135 A----- 135 A----- 135 D----- 135 D
136 C----- 136 C----- 136 C----- 136 C
137 E----- 137 E----- 137 E----- 137 E
138 E----- 138 E----- 138 E----- 138 E
139 B----- 139 B----- 139 B----- 139 B
140 C----- 140 B----- 140 D----- 140 A
141 D----- 141 D----- 141 C----- 141 D
142 A----- 142 A----- 142 A----- 142 A
143 B----- 143 C----- 143 C----- 143 B
144 C----- 144 C----- 144 B----- 144 C
145 A----- 145 A----- 145 A----- 145 C
146 B----- 146 B----- 146 B----- 146 B
147 A----- 147 B----- 147 A----- 147 B
148 E----- 148 E----- 148 E----- 148 E
149 B----- 149 B----- 149 B----- 149 B
150 B----- 150 B----- 150 B----- 150 B
151 A----- 151 A----- 151 A----- 151 A
152 E----- 152 B----- 152 E----- 152 B
153 D----- 153 D----- 153 D----- 153 D
154 C----- 154 C----- 154 C----- 154 C
155 C----- 155 C----- 155 B----- 155 C
156 B----- 156 A----- 156 C----- 156 A
157 D----- 157 D----- 157 D----- 157 D
158 A----- 158 A----- 158 A----- 158 A
159 E----- 159 E----- 159 E----- 159 E
160 C----- 160 C----- 160 C----- 160 C
161 B----- 161 E----- 161 B----- 161 E
162 D----- 162 D----- 162 D----- 162 D
163 D----- 163 E----- 163 B----- 163 D
164 B----- 164 B----- 164 D----- 164 E
165 E----- 165 D----- 165 E----- 165 B
166 C----- 166 C----- 166 C----- 166 C
167 B----- 167 B----- 167 B----- 167 B
168 B----- 168 B----- 168 B----- 168 B
169 D----- 169 D----- 169 D----- 169 D
170 B----- 170 B----- 170 B----- 170 B
171 B----- 171 B----- 171 B----- 171 B
172 C----- 172 C----- 172 C----- 172 C
173 D----- 173 B----- 173 B----- 173 D
174 B----- 174 D----- 174 D----- 174 B
175 E----- 175 E----- 175 E----- 175 E
176 B----- 176 B----- 176 D----- 176 B
177 E----- 177 E----- 177 E----- 177 E
178 D----- 178 D----- 178 B----- 178 D
179 D----- 179 D----- 179 D----- 179 D
180 D----- 180 D----- 180 D----- 180 D

Gabarito da Prova do ENEM 2010 - 1º dia (Prova Azul)


Gabarito da Prova do ENEM 2010 - 1º dia
(Prova Azul)

Ciências Humanas


1A | 2B | 3A | 4B | 5D | 6A | 7C | 8B | 9A | 10E |
11B | 12C | 13C | 14C | 15B | 16E | 17A | 18B | 19C | 20C |
21D | 22D | 23B | 24B | 25C | 26C | 27D | 28E | 29C | 30E |
31E | 32D | 33B | 34E | 35D | 36B | 37A | 38E | 39E | 40E |
41D | 42E | 43C | 44D | 45D |


Ciências da Natureza

46B | 47A | 48C | 49E | 50A |
51* | 52C | 53A | 54* | 55C | 56A | 57B | 58D | 59D | 60A |
61C | 62B | 63A | 64B | 65E | 66B | 67D | 68E | 69D | 70A |
71E | 72E | 73C | 74D | 75B | 76C | 77D | 78B | 79D | 80E |
81E | 82A | 83B | 84D | 85A | 86C | 87E | 88D | 89D | 90C |

sábado, 6 de novembro de 2010

Inversão de gabarito pode prejudicar Enem 2010

A folha de respostas entregue aos candidatos que realizaram a primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não possuía a mesma ordem numérica da prova aplicada na tarde de ontem.



Enquanto no caderno de questões os primeiros itens eram de ciências humanas, no gabarito a primeiras opões a serem marcadas correspondiam a ciências da natureza.

A inversão causou confusões durante toda a realização do Enem, que teve cerca de 3,5 milhões presentes nos locais de prova em todo o País. No Ceará foram 207.465 inscritos. Em Fortaleza, logo após o término do exame, alguns estudantes reuniram-se em um cursinho pré-vestibular para relatar os erros e orientações distintas dadas em seus locais de prova.

Estudantes deverão acessar o site do Enem para requerer correção da prova de forma distinta próxima semana
Em algumas salas a instrução dada pelos fiscais era de que ignorassem a ordem numérica e seguissem a ordem proposta do gabarito. Já em outras salas, os conselhos eram de que os alunos deviam fazer como entendessem. Deste modo, a marcação dos gabarito seguiu de forma diferente para cada candidato, em consequência de um possível erro de impressão. "Isso é motivo suficiente para que muitos estejam, desde já, sentindo-se prejudicados", disse a estudante Nathalya Tavares, que respondeu ao gabarito sem seguir a numeração de pergunta e respostas. Ela preferiu marcar a 46ª questão da prova, na 1ª questão do gabarito e seguir a ordem decrescente, ao invés de seguir no gabarito a mesma ordem numérica apresentada na prova.

Em entrevista coletiva dada ontem à noite e transmita pelo Jornal Nacional, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Joaquim Soares Neto, afirmou que o problema ocorrido foi o de impressão, que todos os fiscais foram orientados. Ele informou que os estudantes que tenham sido prejudicados deverão acessar o site do Exame Nacional do Ensino Médio (www.enem.inep.gov.br) - para fazer o requerimento, em um espaço que será disponibilizado na próxima semana.

Além do problema dos gabaritos, em Fortaleza, foram observados vários outros erros durante a realização das provas. Quem recebeu a prova amarela percebeu que havia repetição de questões. Os itens 25º e 61º apareceram por mais de uma vez no mesmo caderno de questões. A proibição do uso de relógio, celulares, lápis e borrachas também foi motivo de confusão. Em uma sala do campus Itapery da Universidade Estadual do Ceará (Uece), candidatos entraram usando aparelhos celulares, que chagaram a tocar durante a realização da prova, mas ninguém foi excluído do certame. No mesmo local, candidatos deixaram a sala com o caderno de questões antes da quatro horas de realização do exame, relataram estudantes.

O diretor de um dos cursinhos pré-vestibulares entende que mesmo que haja a possibilidade de emitir reclamação pela Internet, o resultado causará enormes transtornos porque, após correção das provas, é possível que candidatos se beneficiem do erro de impressão.

Motivo de anulação

Na opinião do procurador geral da República, Oscar Costa Filho, somente o fato dos comando das questões estarem trocados já induz o aluno ao erro, "e esse motivo já é suficiente para que se anule a prova". Segundo o procurador, o que ocorreu ontem, nas provas do Enem, é caracterizado como um erro de direito, e por esse motivo basta a apresentação do documento para comprová-lo, ou seja, a prova de comando errado.

"Quando o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Joaquim José Soares Neto, afirma que houve orientação para que os estudantes seguissem rigorosamente a numeração das provas, ele tenta a mascarar o erro de direito, como se fosse um erro de fato. Porém é claro que a instituição foi quem errou, justamente ao dar o comando errado na hora de determinar o preenchimento do gabarito", explicou.

Com relação a solução apresentada por Soares Neto de abrir um espaço, no site, a partir da semana que vem, para que os alunos que se sentirem prejudicados possam abrir um requerimento, o procurador disse que "essa atitude confere ao aluno o poder de arbitrar a sua nota. E para ser um processo justo é necessário a anulação".

JANAYDE GONÇALVES E THAYS LAVOR
REPÓRTERES

Enquete
Confusão

"Eu segui a ordem numérica que estava na prova ignorei se era prova de ciências da natureza ou humanas".

Cícero Naidel,
17 anos
Estudante

"A fiscal disse para decidirmos. Inverti a ordem para corresponder a pergunta com a resposta."

Nathalya Tavares
17 anos
Estudante

"Não sei se fiz certo ou errado ao preencher o gabarito, mas além desse, teve erro na minha prova, questões repetidas."

Rafael Lopes
25 anos
Estudante

Alunos da UEMA de Imperatriz são premiados no III JOEX

UEMA de Imperatriz é a grande vencedora
da III Jornada de Extensão em São Luís

O Centro de Estudos Superiores de Imperatriz da UEMA, CESI/UEMA, arrebatou três dos sete prêmios na III JOEX - Jornada de Extensão da UEMA, que ocorreu em São Luís, no período de 14 a 16 de setembro. Foram apresentados 83 trabalhos desenvolvidos por alunos bolsistas ou voluntários dos 20 campi da UEMA na área Extensionista, um dos pilares da Universidade, assim como a educação e a pesquisa. Da campus de Imperatriz foram 11 trabalhos apresentados na JOEX.

Os alunos bolsistas de extensão Dailson Coelho Abreu, Danielly Morais Rocha e Thalita Rodrigues Lima, com seus professores orientadores, Geovânia Maria da Silva Braga, Maristane de Sousa Rosa e Manoel de Oliveira Dantas, foram premiados, respectivamente, nas áreas de Saúde, Cultura e Produção.

O aluno de Biologia Dailson Abreu, orientado pela professora Geovânia Braga, desenvolveu o Projeto de Extensão “Orientação Domiciliar ao Prélio e Controle de Insetos Transmissores de algumas Doenças Infecto Parasitárias no Município de Imperatriz”, cujo objetivo é minimizar o índice de doenças cujo vetores são insetos, sobretudo, mosquitos transmissores de doenças como leishmaniose tegumentar, calazar, malária, dengue e febre amarela. As ações de extensão desenvolvidas são um exemplo de como aliar Ciência e Sociedade, de como fazer o conhecimento científico gerado nos institutos de pesquisa chegar de forma didática e simples às pessoas contribuindo para seu bem-estar físico, mental e social.

IV Fecitec - 2010

A IV Feira de Ciência e Tecnologia - Sul do Maranhão (Fecitec) será realizada de 09 a 14 de novembro, na cidade de Imperatriz/MA. Na UNISULMA.

A IV FECITEC - Sul do Maranhão mantém parceria com os seguintes eventos:
MOSTRATEC - Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul
FEBRACE - São Paulo - São Paulo
EXCETEC - Fortaleza - Ceará
MOCINN - Ceará

FECITEC 2010 contará com a participação do Departamento de Popularizaçäo e Difusäo da CT / MCT e pela primeira vez o MEC se fará representar no evento.



FECITEC 2010

COMISSÃO CENTRAL DA 4ª. FECITEC - Sul do Maranhão

Presidente:
Alexandre Passos da Silva

Vice-Presidente
José Fábio de França Orlanda


Comissão Central

Andréa Ohanna Santos Carvalho
Annie Francielly Silva Bahia
Chardeylton Linhares Meneses
Elaine Caroline de Sousa Barros
Emerson Benton Araújo Garcia
Gizele da Costa Cerqueira
Glauco Hebert Almeida de Melo
Jhonatan de Oliveira Carvalho
Joelbe José Sousa de Almeida
Laion Mairton Costa Sá
Margoula Soares Ribeiro
Maria Beatriz Fávero
Milene Vieira Santos Rocha

Por que o brasileiro lê pouco?



Fiquemos com a resposta da maior autoridade no mundo, a UNESCO. Para o setor da ONU que cuida de educação e cultura, só há leitura onde: 1) ler é uma tradição nacional, 2) o hábito de ler vem de casa e 3) são formados novos leitores. O problema é antigo: muitos brasileiros foram do analfabetismo à TV sem passar na biblioteca. Para piorar, especialistas culpam a escola pela falta de leitores. ” Os professores costumam indicar clássicos do século 19, maravilhosos, mas que não são adequados a um jovem de 15 anos”, diz Zoara Failla, do Instituto Pró Livro. “Apresentado só a obras que considera chatas, ele não busca mais o livro depois que sai do colégio.” Muitos educadores defendem que o Brasil poderia adotar o esquema anglo-saxão, em que os clássicos são um pouco mais próximos, dos anos 50 e 60, e há menos livros, que são analisados a fundo. mas aí teria de mudar o vestibular, e isso já é outra história.
Raphael Soeiro – Revista Super Interessante – edição 284 – novembro 2010

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

DEUS É 10

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
""Deus é 10 - a festa""
com o Tema Buscando as coisas do alto.
Será nos Dias 20 e 21 de novembro.
No Ginásio da Paróquia São Francisco.
Vale a Pena Conferir!
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>







>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Nos dias 20 e 21 de novembro a Comunidade Aliança Sagrada Família realiza no Ginásio da Paróquia São Francisco, localizado à Rua Pernambuco, entre Luís Domingues e Benedito Leite, a 6° edição da festa Deus é 10. O evento acontece a partir das 20hs, e a entrada custa dez reais para as duas noites. O evento Deus é 10 a Festa tem a missão de tornar pública a palavra de Deus a todos, envolvendo os jovens a uma experiência familiar e divina.

Esse ano, o Deus é 10 traz como tema “Buscando as coisas do alto” ((Colossenses, 3), e contará com a participação da cantora Jake Guerreira do amor e de bandas católicas locais.
Jake, Guerreira do amor nasceu na capital de São Paulo e iniciou sua vida musical no universo católico ainda adolescente. No final de 2006 Jake lança seu primeiro CD de Axé Católico, com a participação de vários músicos brasileiros. Nesse Cd, a música Pó pará com pó foi um dos rits do carnaval 2009. Atualmente Jake viaja todo o Brasil levando seu show a micaretas e grandes eventos.
A Banda traz uma musicalidade baiana, com ritmo axé e presença marcante de instrumentos percussivos.

Thays Assunção - Ícone Comunicação
Graduanda dos cursos de Comunicação Social/Jornalismo e História

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>