sábado, 20 de novembro de 2010

O VALOR DA TARIFA DE ÔNIBUS EM IMPARATRIZ TÁ UM ABSURDO




Tá Caro andar de ônibus em Imperatriz!

Os usuários de ônibus coletivos urbanos em Imperatriz foram surpreendidos no dia 28/12/2008 com o anúncio, por parte das empresas Transporte Coletivo Imperatriz (TCI- atualmente VBL - Viação Branca do Leste; e Viação Aparecida, do aumento da tarifa, cuja vigência aconteceu à 0h de 29/12/2008.

O aumento foi de 18% e a tarifa passou de R$ 1,95 para R$ 2,30. O passageiro teve que desembolsar mais 35 centavos. O aumento foi considerado alto, levando-se em conta que foi praticamente o dobro do índice de inflação anunciado para o ano de 2008.

Com o reajuste, o vale transporte municipal passou para R$ 2,30 e o vale transporte escolar municipal ficou em R$ 1,15; o passe intermunicipal passou a valer R$ 2,50 e o passe escolar intermunicipal é R$ 1,25; o vale transporte para o município de Governador Edison Lobão agora é de R$ 3,50 e o passe escolar para aquela cidade é R$ 1,75.

As empresas colocaram anúncios em todos os seus ônibus desde a manhã de ontem. Os usuários não receberam bem o aumento, como não poderia deixar de ser, e comentaram que, se já está sacramentado o aumento, a prefeitura tem também o dever de exigir que as empresas coloquem ônibus em todas as linhas e em horários regulares.

Tarifa do ônibus coletivo em algumas cidades brasileiras
O transporte é público ou privado?

São Luis____________R$ 1,60
Belém ____________R$ 1,60
Teresina____________R$ 1,75
Fortaleza___________R$ 1,80
Boa Vista___________R$ 2,00
Salvador ___________R$ 2,20
IMPERATRIZ__________R$ 2,30
Belo Horizonte______R$ 2,30
São Paulo___________R$ 2,70

Outra providência que a Prefeitura deveria tomar é quanto aos abrigos nos pontos de ônibus. Os poucos que existem estão depredados devido ao número excessivo de ambulantes que expõem suas mercadorias, ocupando o espaço do passageiro. Em outros locais nem mesmo existem pontos de ônibus cobertos para que o passageiro seja protegido do sol e da chuva.



Passe Livre Já!

No Distrito Federal conquistamos um avanço no Direito à Cidade recentemente, quando o Governo local instituiu o Passe Livre estudantil.

“A cidade, onde tantas necessidades emergentes não podem ter resposta, está desse modo fadada a ser tanto o teatro de conflitos crescentes como o lugar geográfico e político da possibilidade de soluções.”- Milton Santos
Pensar direito a cidade é essencial no contexto atual da sociedade, onde os direitos fundamentais à saúde, educação, cultura, entre outros, são demandas constantes de movimentos sociais. Pensar o Direito à Cidade é conectar todas essas demandas através de uma estrutura ideal e possível de organização da cidade.
Duas questões são essenciais ao se defender o Direito à Cidade: a descentralização dos serviços e a mobilidade urbana.

Que Possamos conquistar o Direito ao Passe Livre Também em Imperatriz-MA e nas demais cidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário